O Desafio de Ferro – a magia quer ser descoberta

Imagem do livro

O enredo de O Desafio de Ferro é um clássico exemplo da literatura fantástica, trazendo elementos de magia, mistérios e perigos iminentes.  

A história foi construída à quatro mãos, pelas autoras Holly Black (que também escreveu as Crônicas de Spiderwick) e Cassandra Claire (que criou a série Os Instrumentos Mortais e o livro Boneca de Ossos).

Para quem ainda não conhece, O Desafio de Ferro é a primeira parte do que será uma sequencia de cinco livros. Nessa primeira história conhecemos Call, um garoto de 12 anos que tem ligação com o mundo da magia, mas que, por influência do pai, acha todo esse universo mágico perigoso.

Por temer os magos e tudo que eles envolvem, Call não quer ser convocado para entrar no Magisterium, uma antiga escola de magia onde os alunos aprendem a controlar os elementos da terra, ar, água, fogo e o vazio, o caos. Porém para o azar de Call, ou não, ele é chamado para a tal escola e é a partir daí que sua aventura começa.

No vídeo abaixo é possível ver o booktrailer do livro:

O texto tem uma leitura fluida, com os acontecimentos desenvolvendo-se em um ritmo acelerado. A diagramação também é bem feita e a organização da história se faz em capítulos curtos e com quebras de seção nos momentos de texto mais extenso.

(Só um parênteses, eu fico muito feliz quando os livros trabalham com quebra de seção, porque, sinceramente, é muito chato quando você precisa dar pausa na leitura, mas ainda falta muito para o capítulo acabar e, assim, você tem que parar ali no meio da história, do nada. Com as quebras de seção esse movimento torna-se mais natural)  

Agora, apesar da história ser leve e fácil de ler, ela não é original.  A medida que lia O Desafio de Ferro tinha a sensação de estar lendo Harry Potter com uma nova roupagem, porém menos emocionante. A construção do enredo, o desenrolar da história, é tudo extremamente parecido com o que acontece na história do bruxinho de J.K. Rowling. Untitled-3

No Desafio de Ferro, as relações entre os personagens não convence tanto e o ambiente da escola podia ter sido melhor explorado. Além disso, a revelação que se tem no fim da história, apesar de surpreendente, é, de certo modo, uma adaptação do que se vê em Harry Potter.

Apesar dos pontos negativos, O Desafio de Ferro é um bom passatempo e o segundo livro, apesar de ainda não ter chegado ao Brasil, já foi lançado pelas autoras na Austrália, no dia 14/08, sob o título The Cooper Gauntlet (algo como A Luva de Cobre). Aqui no Brasil, a publicação do primeiro livro foi feito pela Editora Novo Conceito, sob o selo #irado, então é provável que os demais também sejam publicados por ela.

Quem quiser ler O Desafio de Ferro, ele está com um preço ótimo na Saraiva  por apenas R$7,90 a versão impressa. E no site Magisterium é possível ficar por dentro das novidades da saga.

Espero que tenham curtido. 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s