As Mentiras de Locke Lamora – suspense e ação

Imagem do livro

A história que trouxe hoje é um pouco antiga, tendo sido lançada em 2006 pela Editora Arqueiro, mas sua aventura é tão empolgante e recheada de vários elementos que vale a pena apresentá-la.

O livro As Mentiras de Locke Lamora (escrito por Scott Lynch) conta a história do personagem que dá nome ao título, um famoso ladrão que pratica roubos elaborados, mas que ninguém nunca viuou sabe quem ele é. Locke é um farsante incrível e faz parte da gangue intitulada Os Nobres Vigaristas, por isso, já é possível ter uma ideia dos roubos que são praticados.

 

Ao longo da história vemos Locke envolver-se em várias aventuras relacionadas ao seu ofício de vigarista e ficamos sem fôlego à medida que surge no enredo o Rei Cinza, personagem misterioso que ameaça tomar tudo o que Locke possui, incluindo sua vida.

Em meio a esse cenário principal, marcado pela guerra de poder, existem criaturas fantásticas, bruxos, nobreza, alquimia e até elementos alienígenas, tudo coexistindo ao mesmo tempo e deixando o leitor cada vez mais grudado nas páginas com o avanço da história.

O enredo apresentado em As Mentiras de Locke Lamora é realmente muito bem escrito, as aventuras e os mistérios têm boas reviravoltas e o leitor vive numa expectativa constante, pois a sensação que temos é que tudo pode acontecer na história e que nenhum personagem está a salvo.

No booktrailer do livro, disponibilizado pela loja Submarino, já é possível ficar ansioso quanto ao livro.

Ler a história de Locke Lamora é algo eletrizante, contudo sua leitura não é simples. Scott Lynch combina as palavras de uma maneira mais complexa, e se o leitor não estiver atento em cada página, pode se perder na história.

Apesar da trama incrível, algumas coisas incomodaram-me durante a leitura.

O primeiro incômodo foi quanto ao timing para a história “ganhar” o leitor, ou seja, o primeiro terço do livro demora a emplacar, porém depois disso fica impossível de largar os acontecimentos. Esse start demorado, para mim, deve-se a grande quantidade de interlúdios (aqueles entremeios na narrativa que contam um fato fora da história principal, mas, ainda sim, interligado a ela) que acontecem em toda a extensão do livro. Muitas vezes, os interlúdios usados acabavam sendo redundantes e estendendo-se além do necessário, travando a história em certos momentos.

Outro ponto está relacionado à grande quantidade de elementos fantásticos na narrativa. Apesar do autor conseguir elaborar a trama de forma concisa e crível, às vezes eu tinha a sensação de que ele quis inserir tudo num lugar só, quando certas coisas ficariam melhor num cenário mais real, por assim dizer.

Mas tirando essas duas questões “negativas”, a história vale cada palavra escrita.

E para quem gostar, pode preparar-se que ainda vem mais história. As Mentiras de Locke Lamora faz parte da série Os Nobres Vigaristas, que contará com 07 livros. Já estão nas livrarias o segundo e terceiro volume, Mares de Sangue e República dos Ladrões, respectivamente. O quarto livro, The Thorn of Emberlain (algo como O Espinho de Emberlain) será lançado em 2016 nos Estados Unidos.

Capa dos livros da série Os Nobres Vigaristas

Aproveitem essa aventura de ação fantástica e divirtam-se. 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s