Contos de Terror – o medo não precisa de muito para surgir

Olá, leitores!

Hoje eu resolvi fazer algo diferente e não falar de uma única história, mas sim de 04 contos que são realmente bem interessantes, além de muito perturbadores e super no clima do Halloween.

Três dos contos que trouxe são da Editora Draco (parceira do blog) e um faz parte da antologia Coisas Frágeis, escrita por Neil Gaiman (um autor que eu realmente gosto muito), publicado pela Editora Conrad.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os contos da Draco estão me surpreendendo bastante e de forma positiva. Todas as histórias que li até o momento são bem elaboradas, prendem o leitor e o melhor de tudo, deixam aquela sensação residual que faz com que a história, depois de finalizada em texto, continue ganhando vida própria em nossas mentes.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quanto à Neil Gaiman, ele é um autor que dispensa apresentações, já escreveu vários livros, contos, novelas gráficas, etc. Em Coisas Frágeis (que é uma antologia dividida em dois livros), existem vários contos e poemas muito bons, mas o que eu escolhi para vocês é uma história que me marcou bastante e acredito que eu nunca conseguirei esquecê-la.

Enfim, vamos ao terror….

Os dois primeiros contos que li da Editora Draco foram escritos por Karen Alvares, uma jovem escritora que vive em São Paulo e já teve várias histórias publicadas. A autora nos traz narrativas sombrias em formato de thrillers onde o medo é de criaturas reais, o que torna tudo ainda mais tenso. O texto abaixo detalha cada um dos enredos.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Ninguémcom apenas 05 páginas, esse conto mistura internet (mais precisamente a parte obscura da internet, conhecida como deep web), crimes e tortura. Ele deixa o leitor angustiado junto com o personagem principal da história, um jovem que nas suas buscas online depara-se com um sofrimento mais do que real. Apesar de bem curto, o conto faz a mente trabalhar a imaginação de uma forma sombria. Além do mais, a história narra um momento específico do personagem e esse enfoque nos faz sentir o confinamento da situação apresentada tanto quanto o jovem que a está vivenciando.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Último Dia de Outubrouma homenagem ao dia exato do Halloween, a história mostra a ligação extremamente brutal que o Sr. Bianco, um serial killer internado em um hospital psiquiátrico, tem com a data. Os “doces ou travessuras” não existem no conto, mas sim uma mente perturbada que anseia por encontrar sua próxima e última vítima num macabro quadro de dia das bruxas. Essa história consegue fazer o leitor visualizar todos os crimes cometidos pelo personagem em apenas algumas páginas e perceber como um serial killer pode manipular as pessoas ao seu redor facilmente.

O terceiro conto da Draco foi escrito por Marcelo Augusto Galvão, autor de várias histórias e um dos organizadores de uma antologia bem interessante sobre Sherlock Holmes (que será resenhada em breve!).

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Saltimbanco: com um título aparentemente inocente e que não remete a nada sombrio, esse conto tem um desfecho inesperadamente cruel. A história nos apresenta a Gapu, um jovem aprendiz de saltimbanco que leva uma vida difícil ao lado de seu mestre decadente e arrogante. Buscando levar uma vida mais alegre, o menino faz um pedido a uma divindade, porém, como todos falam, é preciso ter cuidado com o que se deseja. A história escrita por Galvão consegue unir duas emoções paradoxais (alegria e dor) de uma forma peculiar e sinistra e a sensação que tive com o fim do conto é de que essa história seria um tema incrível para um filme.

O último conto de hoje é Os Outros, escrito pelo inglês Neil Gaiman.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

– Os Outros: se engana quem julgar essa história como algo meigo apenas baseando-se na singeleza da capa do livro. O enredo de apenas 04 páginas possui uma força capaz de mexer com as emoções de muitas pessoas. É algo inteligente, impactante, triste, torturante, mas ao seu modo, também singelo. O conto tem como premissa – imaginem só – como seria chegar no inferno e ser recebido pelo diabo. O que aconteceria de tão ruim com aqueles pecadores que precisam pagar pelos seus atos? E qual seria a postura do diabo diante desses pecadores? Não tenho como explicar muito sobre o conto sem dar spoilers, mas posso dizer que essa é uma das histórias mais originais que já li e ela é trabalhada dentro de um espaço-tempo é maleável, onde começo e um fim se misturam.

Bom, é isso gente. Espero que vocês tenham curtido as histórias tanto quanto eu gostei. As que são da Editora Draco podem ser baixadas direto nos links que coloquei nos títulos dos contos. (Eu sei que muita gente não gosta de ler livros em e-book, assim como eu, mas como são histórias pequenas, esse fator digital talvez não incomode tanto).

O conto de Neil Gaiman, por fazer parte de uma antologia, só pode ser lido comprando o livro completo, mesmo assim existem vários sites que transcreveram o texto em seus blogs, então vocês podem pesquisar na internet.

Um grande abraço a todos e aguardem mais histórias de Halloween nos próximos domingos!!

Anúncios

10 comentários sobre “Contos de Terror – o medo não precisa de muito para surgir

  1. Pingback: Especial Halloween | Achando Histórias

      1. Agora fiquei mais curiosa ainda hehehe.
        O silêncio dos inocentes é referência no gênero, se te lembrou é pq é magnífico.
        Neil Gaiman nem se fala, Vou ler e resenha sobre também, dou uma passadinha aqui p dizer o que achei e vc tbm sempre fique a vontade para deixar sua opinião la no blog. Adoro compartilhar opiniões sobre a mesma obra.
        Beijinhos

        Curtido por 1 pessoa

  2. Pingback: Mais resenhas para Saltimbanco | Galvanizado

  3. Pingback: Noites Negras de Natal e outras histórias | Achando Histórias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s