“A Bruxa” traz um terror visceral

A-bruxa
A Bruxa. Foto: Universal Pictures / Divulgação.

Um dos filmes de terror mais comentados dos últimos meses, A Bruxa tem uma história que vai se construindo aos poucos e chega ao clímax de modo perfeito. A mídia nacional, internacional e até um dos grandes autores do gênero, Stephen King, afirmam que a obra é intensa e foi construída para causar medo e não sustos no espectador.

Continuar lendo ““A Bruxa” traz um terror visceral”

Anúncios

Noites Negras de Natal e outras histórias

noites-negras-de-natal
Foto: Bárbara Valdez

Oi, gente! Amanhã é véspera de Natal (um época do ano apaixonante) e hoje é dia de mais uma homenagem ao período. O último post que fiz trouxe dicas de alguns filmes clássicos e fofos que falavam do Papai Noel, do Grinch e de outros personagens leves. Desta vez resolvi trazer histórias que abordassem a época de uma maneira diferente, sombria, o oposto do clima feliz que permeia o Natal.

Foi com isso em mente que escolhi resenhar Noites Negras de Natal e outras histórias, uma coletânea de 04 contos (O Último Panetone, Lembranças Vermelhas, Setor B12 e A Morte do Cisne) escritos por duas autoras, Karen AlvaresMelissa de Sá, em dezembro de 2012.

Os dois primeiros contos têm como pano de fundo o período natalino e os demais trazem histórias de terror /horror diversas. O Último Panetone e Setor B12 foram escritos pela Karen Alvares (gostaria de aproveitar e agradecer a Karen por ter me enviado o livro para leitura. Fiquei muito feliz, obrigada!) e Lembranças Vermelhas e A Morte do Cisne são de autoria de Melissa de Sá.

Bom, vamos desconstruir a visão natalina?

Continuar lendo “Noites Negras de Natal e outras histórias”

A Colina Escarlate – visualmente encantador, mas faltou ritmo à história

Pôster do Filme. Foto: Divulgação
Pôster do Filme. Foto: Divulgação

Assim que vi a divulgação de A Colina Escarlate, o que mais me impressionou e motivou a ver o filme foi a magia que emanava da sua estética visual. Eu me senti como se apreciasse uma pintura rica em detalhes e que ainda tinha movimentos. Quando assisti ao trailer e me ambientei com o enredo, minha vontade de assistir ao filme aumentou ainda mais, pois achei que a história seria impressionante, tanto pela ótima premissa quanto por ser dirigida por Guillermo Del Toro.

O problema é que devo ter ido com expectativas demais ao cinema e não encontrei tudo que esperava.

Continuar lendo “A Colina Escarlate – visualmente encantador, mas faltou ritmo à história”

Asylum – a loucura pode estar dentro de nós

Foto: Bárbara Valdez
Foto: Bárbara Valdez

Para aqueles que gostam de terror, Asylum é uma história interessante. Escrito por Madeleine Roux, o livro tem um roteiro que foi construído com o objetivo de criar o clima certo de medo no leitor, num misto de sobrenatural, real e  insanidade.

Durante a leitura somos apresentados a três adolescentes que vão fazer um curso de verão no New Hampshire College: Dan, Abby e Jordan. Logo que chegam ao local, eles descobrem que o dormitório dos alunos está situado numa casa que anos atrás era um sanatório para pessoas violentas, o Brookline.

Foto: Bárbara Z Valdez
Foto: Bárbara Z Valdez

Ao longo da história, o leitor vai, junto com os personagens, entrando pouco a pouco no ambiente perturbador dos corredores que antes abrigavam o sanatório. A cada página virada é como se não tivéssemos mais certeza do que é passado ou presente, do que é real ou alucinação.

Continuar lendo “Asylum – a loucura pode estar dentro de nós”

Contos de Terror – o medo não precisa de muito para surgir

Olá, leitores!

Hoje eu resolvi fazer algo diferente e não falar de uma única história, mas sim de 04 contos que são realmente bem interessantes, além de muito perturbadores e super no clima do Halloween.

Três dos contos que trouxe são da Editora Draco (parceira do blog) e um faz parte da antologia Coisas Frágeis, escrita por Neil Gaiman (um autor que eu realmente gosto muito), publicado pela Editora Conrad.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os contos da Draco estão me surpreendendo bastante e de forma positiva. Todas as histórias que li até o momento são bem elaboradas, prendem o leitor e o melhor de tudo, deixam aquela sensação residual que faz com que a história, depois de finalizada em texto, continue ganhando vida própria em nossas mentes.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quanto à Neil Gaiman, ele é um autor que dispensa apresentações, já escreveu vários livros, contos, novelas gráficas, etc. Em Coisas Frágeis (que é uma antologia dividida em dois livros), existem vários contos e poemas muito bons, mas o que eu escolhi para vocês é uma história que me marcou bastante e acredito que eu nunca conseguirei esquecê-la.

Enfim, vamos ao terror….
Continuar lendo “Contos de Terror – o medo não precisa de muito para surgir”

Frankenstein – revisitando um clássico

Frankenstein. Foto: Bárbara Valdez
Frankenstein. Foto: Bárbara Valdez

A história de Frankenstein foi escrita em 1818, na Inglaterra, por Mary Shelley. Depois disto, existiram inúmeras adaptações sobre o monstro criado pelo cientista que queria sobrepujar a morte. No livro que trago hoje, esse clássico do terror é recontado numa incrível novela gráfica elaborada pelo ilustrador e escritor Gris Grimly.

Continuar lendo “Frankenstein – revisitando um clássico”

Especial Halloween

Foto: Unid Color - Deviant Art
Foto: Unid Color – Deviant Art

Olá, acompanhantes do Achando Histórias!

Hoje, quero informar para vocês que, a partir de domingo, o blog entrará no clima do Halloween. Ou seja, preparem-se para histórias mal assombradas, com monstros, fantasmas, bruxas e tudo que a época tem direito.

Serão seis semanas (27/09 à 01/10) de livros ou filmes que tenham um conteúdo relacionado com o clima de Dia das Bruxas (comemorado em 31 de outubro).

Já para entrar no espírito das histórias, resolvi trazer algumas produções cinematográficas que são mais do que conhecidas pelo público e trazem o Halloween em sua essência. Afinal, essa é uma das datas que acho mais legais para brincar com a imaginação.

Continuar lendo “Especial Halloween”